A Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva vai organizar no Fórum Braga, o 14º Congresso Nacional com o tema:“Medicina Desportiva: Um olhar no futuro” nos dias 16 e 17 de Novembro de 2018. No dia 15 serão organizados cursos pré-Congresso.

Programa Provisório

15 de Novembro – Cursos pré-congresso
- Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa para Profissionais de Saúde - 6 horas, Certificação INEM e AHA
- Procedimentos Ecoguiados em Medicina Desportiva * 8 horas, Jonathan Finnoff e Sérgio Gomes

Serão anunciados outros cursos em breve.

16 de Novembro
9.00-9.15 Boas-Vindas 
9.15-9.45 
Ferramentas do SNS: avaliação e aconselhamento de atividade física Romeu Mendes e Marlene Nunes
9.45-10.30
Palestra: “Physical Activity Promotion in the Health Care System” * Charlie Foster
10.30-11.00 Coffee Break 
11.00-11.15 Abertura Solene do Congresso 
11.15-12.15
Mesa Redonda: “WHO’s Global Action Plan for Physical Activity: how can the sports medicine community help?“ *Evert Verhagen, Charlie Foster, Jonathan Finnoff, Pedro Teixeira
12.15-13.00
Simpósio (a confirmar)
13.00-14.00 Intervalo para almoço 
14.00-14.30
Como preparar um plano de emergência num recinto desportivo - Filipe Serralva
14.30-15.15
ECG em atletas: o que não podemos deixar escapar - Hélder Dores
15.15-16.00
Palestra: “Diagnostic and Interventional Ultrasound in Sports Medicine” *Jonathan Finnoff
16.00-16.30 Coffee Break 
16.30-17.30
Emergências em Medicina Desportiva: o que preciso de saber fazer
- Paragem cárdio-respiratória Filipe Serralva 
- Concussão/TCE e traumatismo vertebral (a confirmar)
- Traumatismo torácico (a confirmar)
- Fractura-luxação do tornozelo Maria Miguel Carvalho 
17.30-19.00
Workshop: Testes de Avaliação de Atletas, Natália Bittencourt

20.30-22.30 Jantar do Congresso 

Serão anunciados outros workshops em breve. 

17 de Novembro
9.00-10.00 
Comunicações Orais 
10.00-10.45
Trail running: desafios para a Medicina Desportiva I 
Caracterização fisiológica do “ultra-trailer”, Ana Sousa
Como treina um “ultra-trailer”, Paulo Pires
Testemunho de um “ultra-trailer”, Hélio Fumo

10.45-11.15 Coffee Break

11.15-12.00
Palestra: “Trail Running: a sport just for the fittest? Injuries and their burden in trail runners” * Evert Verhagen
12.00-13.30
Trail running: desafios para a Medicina Desportiva II
O coração e a ultra-distância, Hélder Dores
Nutrição na ultra-distância, César Leão
Patologia musculoesquelético e a ultra-distância: casos clínicos, Miguel Reis e Silva
Inovação e performance na ultra-distância, (a confirmar)
13.30-14.30 Intervalo para almoço
14.30-15.00
“Screening: from beautiful swan to ugly duckling” *Evert Verhagen
15.00-15.45
Palestra: “Prevenção de lesões: interação de factores de risco”, Natália Bittencourt
15.45-17.45
Carga de treino e lesões
Como avaliar carga?, Jaime Sampaio
”GPS for dummies”, (a confirmar)
Relação da carga de treino e lesões; o que informação necessita o treinador, João Ribeiro
Inovação e desenvolvimento: avanços na avaliação fisiológica e neuro-motora, Diana Ferreira 
17.45-18.00 Entrega de prémios e encerramento do congresso 

Sessões em Inglês *.
O programa poderá sofrer alterações de conteúdo, palestrantes e horários.
As inscrições terão início durante o mês de Julho no site da SPMD e no site do congresso2018

O prazo para a submissão dos resumos ao 14º Congresso da SPMD teve início no dia 1 de Julho de 2018 e termina no dia 31 de Agosto de 2018. Para aceder ao Regulamento para a submissão de Resumos clique aqui. O link para submissão de abstracts  aqui
15º Curso de Pós-graduação em Medicina Desportiva da SPMD - 2018-2019

Introdução

A SPMD é uma Sociedade médica vocacionada para a divulgação do conhecimento através da organização de jornadas, simpósios e congressos.
Na vertente da formação, tem realizado regularmente Cursos de Pós Graduação (PG) para médicos e publica um Boletim, órgão oficial da SPMD, que inclui temas de revisão e casos clínicos que são elaborados por especialistas e Pós-graduados em Medicina Desportiva.
Foram realizados pela SPMD, sob a direcção do Dr. Fonseca Esteves e Dr. Marcos Miranda, 13 Cursos de Pós Graduação, tendo a SPMD contribuído desde o 1º Curso realizado em 2000, para que 325 médicos obtivessem formação Pós-Graduada em Medicina Desportiva.
Os Cursos de PG da SPMD, até aqui com uma carga horária média de 140 horas de presença física e a duração de 1 ano, têm obtido sucesso, fruto do interesse manifestado pelos alunos e pela orientação dada por Especialistas em Medicina Desportiva com vasta experiência clínica.
É gratificante constatarmos que grande parte dos médicos pós graduados pela SPMD desempenha actualmente funções nas principais Federações Desportivas, Associações, Clubes e Centros de Saúde, onde têm desenvolvido trabalho de mérito, reconhecido pelos desportistas e pela população em geral.
A SPMD, no entanto, reconhece que a presença física constitui uma limitação para os colegas que residem a maior distância do local das aulas e decidiu enveredar por uma nova metodologia de ensino a distância no formato b-learning. Alarga-se assim a possibilidade de fazer chegar a formação pós-graduada aos médicos de todo o país ou que residam fora de Portugal, mantendo a qualidade e permitindo acrescentar conteúdos que consideramos relevantes para a formação em Medicina Desportiva.

Destinatários
Licenciados em Medicina / Mestrado Integrado em Medicina, da Comunidade Lusófona

Programa Geral

• Bioquímica e Farmacodinâmica
• Fisiologia do exercício
• Anatomia Funcional
• Ortotraumatologia e Reabilitação Desportiva
• Prevenção de Lesões
• Pneumologia e Alergologia
• Cardiologia
• Clinica médico-desportiva
• Nutrição
• Psicologia
• Exame médico-desportivo
• Urgências em Medicina Desportiva
• Populações especiais
• Temas específicos em Medicina Desportiva
• Dopagem
• Prescrição de exercício
• Exercício em Ambientes Extremos
• Avaliação médica do atleta de rendimento

Objectivos

Transmitir conhecimentos nas várias vertentes da Medicina Desportiva de modo a permitir que os futuros médicos pós graduados tenham a capacidade de exercer a sua actividade no âmbito desta área médica com ética e segurança, no diagnóstico e na decisão médico-desportiva.
Pretende-se que o ensino desta especialidade, pelas suas particularidades, inclua a transmissão de conhecimentos práticos, indispensável para a consolidação dos conhecimentos, que é assegurada por médicos com idoneidade e experiência clinica.

Métodos

Para que o conhecimento seja transmitido dum modo mais eficaz e interessante, mercê da experiência dos Cursos anteriores, repartimos as matérias de cada disciplina numa primeira parte de introdução teórica essencial, seguida de discussão dos temas mais relevantes, previamente seleccionados pelo docente de cada disciplina e ilustrados sempre que possível com casos clínicos.
As matérias estruturais do Curso, nomeadamente a Clínica Médica, a Cardiologia Desportiva, a Ortotraumatologia e Reabilitação, a Dopagem e a Avaliação do Atleta no treino de rendimento que exigem solidez de conhecimento na prática clínica, são coordenadas por especialistas em Medicina Desportiva que desempenham funções diárias nestas áreas médicas.

Estrutura do Curso

Direcção do Curso
Comissão Científica
Comissão Organizadora
O corpo docente é composto por docentes, sendo o núcleo principal constituído por xx Especialistas em Medicina Desportiva.
Os restantes docentes, familiarizados com a especificidade das matérias do Curso, são colaboradores convidados da Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, Faculdades de Medicina de Lisboa, Porto e Coimbra, da Faculdade de Motricidade Humana, FDEUP, Centro de Medicina Desportiva de Lisboa e outros Hospitais, que complementam matérias que integram as disciplinas do Curso.

-Nº de horas presenciais: 296 horas
-Duração do Curso: Outubro de 2018 a Julho de 2019
-Dia da semana: sábado
-Horas semanais: 8 horas ( 9h às 13h e 14h às 18h); excepcionalmente, poderão ser agendadas aulas noutros horários.

Os alunos têm a possibilidade de utilizar dois regimes de frequência: (1) o regime Presencial e (2) o regime à Distância. Ambos os regimes possibilitam aos alunos o acesso às aulas através da combinação de 3 vias:

(a) Presença em sala de aula, mediante inscrição prévia, limitada a 20 alunos por aula
(b) Videoconferência (regime geral)
(c) Gravação da aula e visualização em diferido (quando não é possível ao aluno assistir presencialmente ou por videoconferência em directo); apenas disponível nas 48h seguintes à aula.

Só por motivos excepcionais e devidamente justificados será tolerado ao aluno faltar à aula presencial para a qual se inscreveu, sob pena de lhe ser vedada a inscrição para outras aulas no mesmo regime.

É obrigatória a assistência a 95% das aulas ministradas, através de qualquer das vias. A não presença a qualquer das aulas não dispensa o aluno de ser avaliado na respectiva matéria. Ao ser ultrapassado o limite de faltas, é comunicada ao aluno a sua exclusão do curso.

O acesso às aulas implica a utilização de um login e password atribuídos pelo Serviço de Informática e enviados aos alunos pelo e-formador antes do início do curso.

Antes do início do curso os alunos deverão participar numa sessão de treino em data(s) a agendar. Esta sessão pretende simular uma aula por videoconferência e terá como objetivos:

– Dar orientações sobre equipamento (hardware e software) necessário para a frequência das aulas
– Proceder ao download dos programas indicados
– Testar as condições de emissão e receção de videoconferência

Critérios de aprovação

A avaliação de conhecimentos será efectuada nos moldes entendidos como os mais adequados às matérias ministradas e poderá incluir a forma escrita (escolha múltipla ou desenvolvimento) online ou presencial, oral (online ou presencial), apresentação de trabalhos de grupo ou individual sobre temas seleccionados pela Direcção do Curso e demonstração prática de aplicação de conhecimentos adquiridos. É obrigatória a nota mínima de 10 valores para ser aprovado em qualquer das avaliações e no Curso. No caso do aluno não obter aprovação em qualquer das matérias e será agendada uma 2ª fase de avaliação (presencial) no final do Curso.

Condições de Acesso

O acesso ao Curso de Pós-Graduação em Medicina Desportiva é feito através de candidatura ao número máximo de vagas definido. A selecção será feita por um júri constituido pelos membros da Comissão Organizadora do Curso e pelo Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva e constará de avaliação curricular tendo em consideração a experiência profissional dos candidatos.
O Curso funcionará com um mínimo de 40 e um máximo de 200 alunos, nos quais se inclui uma quota de 5% para alunos dos Países de Língua Portuguesa. O júri tem competência para aumentar o número máximo de vagas em casos excepcionais.

Candidatura e Inscrição

As candidaturas decorrerão até 10 de Setembro de 2018, efectuadas mediante preenchimento "online" de uma ficha de candidatura e o envio de uma fotografia tipo passe, cópia da cédula profissional ou documento equivalente comprovativo da licenciatura / mestrado em Medicina e resumo curricular para o endereço electrónico do curso 15cursospmd@gmail.com sem os quais a candidatura não será considerada.
Após a submissão e avaliação do processo completo de candidatura, será comunicada a sua aceitação até ao dia 17 de Setembro de 2018, devendo a inscrição ser formalizada até ao dia 30 de Setembro de 2018 mediante o envio, por mail, do comprovativo da pagamento da 1ª propina.

No caso do número de candidatos ultrapassar o número máximo de vagas, será utilizado o seguinte critério de seriação:
1) Internos da especialidade de Medicina Desportiva
2) Maior número de anos de exercício médico-desportivo em Instituições Desportivas
3) Maior número de anos de exercício de Medicina não tutelada
3) Especialista
4) Interno de outras especialidades
5) Clínico Geral
6) Interno do Ano Comum (ou equivalente)

O secretariado do Curso de Pós-Graduação em Medicina Desportiva da SPMD funcionará, nos dias de aulas, nas instalações da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva, Av. dos Estados Unidos da América, 137-C/V esq, 1700-173 Lisboa.
No resto do tempo o contacto será feito pelo endereço electrónico referido.

Propinas

A propina total do Curso é de 2500 euros a apagar em cinco prestações. A 1ª prestação no valor de 900 euros será paga no acto da inscrição, e as restantes prestações no valor de 400 euros cada serão pagas segundo o seguinte calendário:
2ª prestação - até 30 de Novembro de 2018
3ª prestação - até 31 de Janeiro de 2019
4ª prestação - até 30 de Abril de 2019
5ª prestação - até 30 de Junho de 2019

O pagamento poderá ser efectuado por cheque à ordem de Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva ou apresentação de documento de transferência bancária para o IBAN PT50 0033 0000 0015 2921 4710 5 / conta nº 00152921471 do Millenium BCP, sendo o recibo disponibilizado em formato digital após os prazos definidos. A não apresentação do comprovativo de transferência implica a exclusão da frequência do curso.
CURSO DE ERGOESPIROMETRÍA EN MEDICINA DEL DEPORTE
Zaragoza, 7-9 de junio de 2018
Toda la información en: http://femede.es/page.php?/interno/Cursossemipresenciales

XVII CONGRESO INTERNACIONAL DE MEDICINA DEL DEPORTE DE LA SOCIEDAD ESPAÑOLA DE MEDICINA DEL DEPORTE
PROGRAMA PRELIMINAR

Toledo: 29 y 30 de noviembre y 1 de diciembre de 2018
Toda la información: http://www.femede.es/congresotoledo2018/

CURSOS "ON-LINE"
Curso de Cardiología del Deporte (Acreditado por el Sistema Nacional de Salud)
Inicio: 1 de mayo de 2018
Toda la información: http://www.femede.es/page.php?/interno/Cursos

Curso de Electrocardiografía para Medicina del Deporte (Acreditado por el Sistema Nacional de Salud)
Inicio: 1 de mayo de 2018
Toda la información: http://www.femede.es/page.php?/interno/Cursos
Morreu esta terça-feira, aos 91 anos, o Dr. Camacho Vieira, médico que se notabilizou ao serviço das equipas do Belenenses e das selecções nacionais de futebol. Foi um dos pioneiros e impulsionadores da Medicina Desportiva em Portugal.
Camacho Vieira nasceu em Miranda do Corvo, formou-se em Coimbra, onde se especializou em ortopedia, e posteriormente em Medicina Desportiva.
Ao longo da sua vida publicou alguma literatura no âmbito da Ortopedia e da Medicina Desportiva.
Fora da Medicina, esteve sempre ligado ao fado de Coimbra, desde os seus tempos de estudante, tendo chegado a gravar discos e a actuar publicamente.
O presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva, Prof. Doutor João Pereira de Almeida, refere que “o Dr. Camacho Vieira se destacou pela sua competência profissional, dedicação e qualidades humanas, que contribuíram para engrandecer o Futebol e a Medicina Desportiva em Portugal".
À família enlutada e ao Belenenses, a Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva endereça as suas mais sentidas condolências.








Realiza-se de 12 a 15 de Setembro de 2018, no Rio de Janeiro, o 35º Congresso Mundial de Medicina Desportiva FIMS. Para mais informações, cilque aqui.
Realizaram-se no passado dia 14 de Abril, em Coimbra, no Centro de Saúde Militar, as XVI Jornadas da SPMD. O programa científico teve 3 grandes temas:

“Exercício em condições extremas”
"Planeamento e organização médica no desporto - como preparar uma equipa para uma competição do outro lado do mundo"
“V’O2 max: consensos e controvérsias”


A qualidade científica do programa e palestrantes, assim como a preciosa colaboração dos responsáveis do Centro de Saúde Militar de Coimbra, contribuiram para o sucesso destas XVI Jornadas de Medicina Desportiva.
 
 

Grupos de Estudo

outubro 2017
Foram formados 4 Grupos de Estudo (GE) com vista a dinamizar o conhecimento e partilha de informação relativa a vários temas relacionados com a prática da Medicina Desportiva.
Os GE e seus Dinamizadores são, respectivamente:

1) Prevenção, Traumatologia e Reabilitação de Lesões: Dr. Paulo Beckert, Dr. Henrique Jones;
2) Decisão Médico-Desportiva e Clínica Médica: Dr. Marcos Miranda, Dr. José Pedro Marques e Dr. Hélder Dores;
3) Adaptação ao Exercício e Rendimento Desportivo: Dra. Diana Ferreira, Prof. Dr. João Beckert;
4) Saúde e Exercício: Dra. Rita Tomás, Dr. Marcos Agostinho.

Caberá ainda à Coordenação dos GE as funções de comunicação, divulgação, investigação e formação. Os sócios que tenham interesse em colaborar em algum GE, devem enviar email para spmdesp@gmail.com
Clique aqui para ter acesso a um artigo de interesse do Prof. Doutor Pedro Teixeira.
O 14º congresso da APCC, irá realizar-se nos próximos dias 13 e 14 de Maio na Universidade Católica, em Lisboa.
Para mais informações aceda ao site do evento aqui.
Pág. 1 de 2

Eventos

Comunicados, Conferências